Home Maranhão MARANHÃO
Categoria:

MARANHÃO

Livro ‘Diário Mágico: um segredo para contar’ foi publicado pela pedagoga e especialista em educação inclusiva, Sharlene Serra e aborda o tema na visão de uma menina. O g1 reuniu uma lista com telefones úteis que são canal direto para denúncias de casos de abuso sexual.

Sejam estranhos, parentes mais próximos ou até amigos da família, qualquer pessoa é passível de praticar abuso sexual contra crianças e adolescentes. Por isso, para lembrar a importância de debate e combate do tema, foi instituído, em 18 de maio, o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

No Maranhão, relatos de casos de abuso sexual sofridos por uma crianças, se tornaram incentivo para a publicação de um livro infantil que aborda o tema.

Escrito pela pedagoga e especialista em educação inclusiva, Sharlene Serra, o livro ‘Diário Mágico: um segredo para contar‘, aborda a história de uma menina possui um diário ‘megamoderno’, conta para ele detalhes da sua vida e ele se torna seu confidente.

“Eu escrevi o livro porque teve uma criança que viu em mim um diário, sentiu confiança para contar o que aconteceu com ela, um caso de abuso sexual, e eu não poderia ajudar socialmente só aquela criança enquanto o mundo inteiro pede socorro”, relembra.

Ao g1, a escritora explicou que a intenção é que, ao decorrer da leitura, as crianças e adolescentes consigam perceber os sinais do abuso sexual, que em alguns casos, são sutis. Além disso, a ideia é promover a conscientização a respeito do tema e em casos de abuso, fazer com que essas pessoas busquem ajuda.

“A ideia é fazer com que as crianças percebam os sinais e não se culpem, porque o abuso infantil tem muito isso, da criança se sentir culpada pelo abuso que estão sofrendo. Elas vão se proteger, o abuso acontece com mais pessoas conhecidas e não com estranhos”, explica Charlene.

Publicado em 2017 de maneira independente, o livro foi republicado, desta vez, por uma editora do Ceará. Com a nova roupagem, o exemplar ganhou novas páginas páginas, que funcionam como páginas de um diário, dando liberdade para que a criança ou adolescente, possa contar os seus segredos.

“Utilizei a figura do diário porque durante muito tempo ter um era o meu desejo e muitas meninas como eu, usavam ele para confidenciar coisas pessoais. E geralmente, é assim que nós conseguimos chegar a esses casos de abuso sexual infantil”, conta.

Há 11 anos trabalhando com inclusão social, a escritora maranhense é autoria de uma série de livros infantis chamada de ‘Coleção Incluir’. Os exemplares contam com personagens que possuem diferentes tipos de deficiência, com o objetivo conscientizar crianças em relação ao tema.

“Eu como escritora, tive que me desprender da dor de falar do abuso. Porque se você não sente a dor do outro, então o problema é com você. Então, quando eu imagino uma criança sendo vítima, eu sinto dor, eu tive que me desprender para escrever com uma leveza”, explica.

De maneira lúdica e em duas línguas, inglês e em português, a leitura também pode ser voltada para os pais ou responsáveis das crianças ou adolescentes. A ideia é ampliar o conhecimento dessas pessoas a respeito da temática e desta forma, estabelecer um elo maior de confiança entre pais e crianças.

“O carinho nunca vem seguido da palavra segredo. Sem vem seguido disso, é violência. É preciso ensinar para a criança que as vezes, o toque do agressor não é só nas partes íntimas, mas ele pode tocar no cabelo e na nuca mas com segundas intenções”, finalizou.

Como denunciar?

Casos de abusos sexuais e maus-tratos de crianças e adolescentes podem ser denunciados pelas pessoas mais próximas ou desconhecidos aos órgãos públicos competentes. Veja, abaixo, os canais de denúncia:

Conselho Tutelar (São Luís)

  • Centro/Alemanha: Rua Veleiros, S/N – Camboa. Telefone: 99156-5682 / 99153-5557;
  • Itaqui Bacanga: Rua da União, Nº 02 – Vila Bacanga. Telefone: 99109-1113 / 99134-4872;
  • Vila Luizão/Turu: Avenida 21 de junho, 24 – Vila Luizão. Telefone: 9 9108-8734 / 9 9129-0665;
  • Cidade Operária/Cidade Olímpica: Unid. 205 Rua 205 S/E , nº 58, Bairro – Cidade Operária. Telefone: 99156-7231 / 99160-1245;
  • Coroadinho/João Paulo: Rua 13, Quadra 10 , Casa 09 – Filipinho, próximo ao Hotel Pilão. Telefone: 99101-6249;
  • Zona Rural: Rua Machado de Assis nº 01 – Vila Nova República. Telefone: 99109-9529 / 99142-3540;
  • São Cristóvão/São Raimundo: Rua 39, Quadra 40, N 22– Jardim São Cristóvão. Telefone: 99158-9174
  • Cohab/Cohatrac: Rua Sotero dos Reis, nº 09, Bairro – Cohab Anil III. Telefone: 99154-9081 / 99147-4489
  • São Francisco/Cohama: Rua das Limeiras, nº 5, Qd. C, Bairro – Jardim Renascença I. Telefone: 99108-5766 / 99134-8671;
  • Anil/Bequimão: Av. Edson Brandão, 283, Cutim / Anil. Telefone: 99158-7958 / 99143-9290

Disque 100 (Secretaria de Direitos Humanos)

O Disque 100 atende 24 horas, todos os dias, incluindo fins de semana e feriados, em todo o Brasil. Pela internet, as denúncias podem ser feitas pelo aplicativo Direitos Humanos Brasil ou pelo WhatsApp, no número (61) 99656-5008.

A Secretaria de Direitos Humanos recebe denúncias anônimas e encaminha o assunto aos órgãos competentes no município de origem da criança ou adolescente.

Polícia Militar do Maranhão (PM-MA)

O 190 é o número de telefone da Polícia Militar, que deve ser acionado em casos de necessidade imediata ou socorro rápido. O 190 recebe ligações de forma gratuita em todo o território nacional.

Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA)

A DPCA fica localizada na Praça Gonçalves Dias, n° 01, próximo a Rffsa em São Luís. O local funciona das 8h às 18h e o telefone para contato é (98) 3214-8668.

Por: https://g1.globo.com

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail

Neste último domingo, 08/05, a alegria e a animação se voltaram a Praça Central de Alto Parnaíba, isso porque a prefeitura municipal organizou uma super festa exclusiva para as mamães, que desde a recepção receberam tratamento diferenciado, como recebimento de uma camiseta do evento, uma caneca personalizada, um número para concorrer a vários brindes e também uma cartela para o bingo de encerramento com os prêmios de maior valor agregado.

Na abertura tiveram várias apresentações do Coral infantil do CRAS, cantor mirim Álvaro Antony, coral da terceira idade do grupo Girassol, além da atração principal, mulequinho e banda. O secretário de administração Raimundo Nonato de França Oliveira fez um breve discurso agradecendo a presença de todos os envolvidos.

Embora o prefeito Itamar Vieira não comparecer ao evento por motivos de força maior, não mediu esforços para que tudo fosse feito com carinho e qualidade para as mamães, ressaltou o secretário de administração.

Por: jornalocorreiobrasil.com.br

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail

O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves. A esposa dele fraturou uma clavícula e foi socorrida e levada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Um acidente com um caminhão carregado de cerveja deixou uma das saídas da rotatória que fica no cruzamento da Avenida Miguel Rosa com a Avenida Presidente Getúlio Vargas, na Zona Sul de Teresina nesta sexta-feira (6). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, não há previsão para conclusão da retirada do veículo, para que a via seja desbloqueada.

O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves. A esposa dele fraturou uma clavícula e foi socorrida e levada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

De acordo com a PRF, o o acidente aconteceu pouco depois da meia-noite. Ainda não se sabe ao certo o que teria causado o acidente. Para a PRF, uma das possibilidades é de que a carga tenha sido mal colocada na carroceria do caminhão.

Pela manhã, equipes da empresa que receberia a carga levada pelo caminhão retiraram os fardos de cerveja, que ficaram espalhados pela pista, para que o veículo seja desvirado e a pista liberada.

Por: https://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail

Os alertas laranja e amarelo devem durar até a quarta-feira (4).

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta terça-feira (3), dois alertas de chuvas intensas para o Maranhão. Os dois alertas seguem até a quarta-feira (4).

O alerta laranja, que indica alto grau de perigo, foi emitido para a região norte e oeste do Maranhão. Entre as localidades que são compreendidas pelo alerta, está os quatro municípios da Grande Ilha de São Luís.

Há chance de ventos intensos, entre 60 a 100 km/h, além de risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Segundo o Inmet, há também para parte do estado, um alerta amarelo com perigo potencial de chuvas para as regiões oeste, leste e norte do Maranhão.

Devido a instabilidade do clima, há previsão de precipitação entre 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia, além de ventos intensos entre 40 a 60 km/h.

Cuidados

O Inmet alerta que em caso de rajadas de vento, a população não deve se abrigar debaixo de árvores, devido ao risco de queda e descargas elétricas. Além disso, o órgão também recomenda:

  • Não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda;
  • Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada;
  • Em caso de alto risco, busque mais informações junto à Defesa Civil (199) e Corpo de Bombeiros (193).

Por: globo.com

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail

Motivação teria sido uma ofensa feita pela vítima à companheira do agressor.

Na tarde desta terça-feira (3), um homem que vive em situação de rua foi assassinado em Imperatriz, na região sudoeste do Maranhão.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu no setor da feirinha do bairro Bacuri, quando a vítima e outro morador de rua teriam discutido. Após uma briga, Elidenberg Lima da Silva, de 31 anos, morreu com um golpe de faca.

O suspeito foi preso em flagrante próximo ao local do crime. Para a polícia, a vítima teria ofendido a companheira do agressor, o que motivou o crime. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

Por: globo.com/ma

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail

Levantamento foi realizado no período de 25 de abril a 2 de maio e incluiu mais de 60 itens, entre livros e flores.

Um levantamento com opções de preços de presentes para o Dia das Mães foi divulgado nessa segunda-feira (2) pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon-MA). O levantamento incluiu mais de 60 itens, entre livros e flores.

A pesquisa foi realizada no período de 25 de abril a 2 de maio, e foram coletados preços de 20 tipos de flores em quatro floriculturas de São Luís. Dentre os coletados, o que se destacou pela diferença de preços foi o vaso de begônia médio, que apresentou variação de 175%. Em uma floricultura ele chega a custa R$ 20 e em outra o valor chega a R$ 55.

Já entre os livros, um dos que apresentou maior variação, foi o Antígona, de Sófocles, que chegou a 36,53%. Em uma livraria ele está custando R$29,90 e em outra o mesmo título está ao valor de R$ 21,90. Outros títulos, como o clássico Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, saem a R$ 52,90.

A pesquisa completa pode ser encontrada no site do Procon.

Por: globo.com

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail

Imóvel situado na cidade de São Pedro da Água Branca estava sendo usado como desmanche de motocicletas.

A Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) localizou nessa segunda-feira (2) um imóvel que estava sendo utilizado como desmanche de motocicletas na cidade de São Pedro da Água Branca, a 700 km de São Luís.

Segundo a PM, os policiais chegaram até o local após serem informados por uma vítima que a sua motocicleta havia sido roubada no município de Abel Figueiredo, situado no estado do Pará, e que os suspeitos tinham sido vistos levando a motocicleta para a cidade de São Pedro da Água Branca.

A guarnição da Polícia Militar realizou diligências para localizar a motocicleta, que foi achada desmontada na casa de um suspeito que estaria envolvido na ação criminosa. Os envolvidos foram levados para Delegacia de Polícia Civil, onde foram tomadas as devidas providências.

Por: globo.com/

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail

Imagens das câmeras de segurança da instituição registraram toda a ação dos criminosos, que ameaçaram os funcionários, fazendo menção de que estavam armados.

Nessa quinta (28), dois criminosos assaltaram, em pleno horário de funcionamento, a escola municipal Ruy Frazão Soares, no município de Caxias, a 365 km de São Luís.

As câmeras de segurança do local registraram toda a ação criminosa. De acordo com as imagens, por volta das 14h20, o primeiro assaltante chegou na escola com uma pasta de documentos nas mãos, afirmando que era pai de um aluno e que iria realizar um procedimento na instituição.

Logo em seguida, o segundo criminoso entrou na escola vestido de mototaxista, também dizendo ao vigia que iria resolver pendências no local. Imagens da câmera interna da instituição gravaram a ação dos assaltantes, que ameaçaram os funcionários, fazendo menção de que estavam armados.

A Polícia Militar (PM) de Caxias informou que ninguém foi preso até o momento e que tem conversado com a Secretaria de Segurança do município na tentativa de estabelecer algumas rondas escolares, em virtude do retorno das aulas presenciais.

Por: globo.com

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail

Além dos condutores não possuírem habilitação, boa parte das ocorrências também registraram a falta da utilização do capacete de segurança nos veículos.

Somente nessa segunda (19), seis motociclistas foram autuados por dirigir sem carteira de habilitação na BR-316, no Maranhão.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a primeira ocorrência foi registrada por volta das 09h50, no km 550 da rodovia federal. Durante a fiscalização, os policiais constataram que o condutor de uma motocicleta, identificado como um adolescente, não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A segunda autuação aconteceu no km 554 da BR-316, por volta das 10h50. Além do motociclista não possuir CNH, a PRF também verificou que a passageira do veículo não estava usando capacete de segurança.

Mais tarde, às 11h10, a equipe realizava patrulhamento no mesmo local quando avistou uma motocicleta que conduzia uma passageira sem capacete. Na ocasião, a PRF também constatou que o motociclista não possuía habilitação.

A quarta autuação aconteceu por volta das 14h38, nas imediações do km 551 da BR-316. Além do motociclista não possuir CNH, a PRF também verificou que o veículo conduzia uma criança com menos de dez anos de idade e sem usar capacete de segurança.

No município de Caxias, às 15h10, a equipe da PRF abordou outra motocicleta com condução anormal. Após a fiscalização, os policiais constataram que o motociclista não tinha habilitação e que o veículo não possuía retrovisores, impossibilitando a correta dirigibilidade da motocicleta.

A sexta autuação foi registrada por volta das 18h55, no km 556 da BR-316, quando uma equipe da PRF avistou uma motocicleta trafegando com a passageira sem usar capacete de segurança, razão pela qual foi interceptada e abordada.

Por: g1.globo.com

0 FacebookTwitterPinterestTumblrRedditStumbleuponLINEEmail
Novos Posts