Home Cristão “Deus me deu mais uma chance”, testemunha homem curado de meningite bacteriana

“Deus me deu mais uma chance”, testemunha homem curado de meningite bacteriana

por Correio do Maranhão
0 commentar

Valmor de Lima ficou mais de um mês internado na UTI e passou por três cirurgias no cérebro.

O ano de 2022 começou com uma nova oportunidade de vida para o cristão Valmor Monteiro de Lima, do Rio Grande do Sul. Hoje, o homem de 42 anos testemunha o milagre que viveu ao ser curado por Deus de uma doença que quase o levou à morte.

No início de janeiro, Valmor passou a sentir constantes dores de cabeça e sentir um desconforto no ouvido direito. Ele foi ao hospital, onde constataram uma otite. O médico receitou um antibiótico, porém o tratamento não adiantou. 

Dois dias depois, Valmor começou a sofrer fortes dores de cabeça. O cristão foi levado novamente ao hospital por sua esposa e após diversos exames, foi diagnosticado que a otite havia se desenvolvido em uma meningite bacteriana.

A doença ocasionou um abscesso neurocerebral e Valmor foi internado imediatamente na UTI. A equipe médica não conseguiu identificar qual tipo de bactéria se instalou em seu cérebro, por isso, ministrou três antibióticos diferentes para tentar combater a doença. 

“Meu estado era grave e o neurologista sempre foi muito franco com a minha esposa, dizendo que cada dia era uma vitória. Foi uma notícia que pegou todos de surpresa”, contou Valmor às redes sociais da CIEPADERGS (Convenção das Igrejas Evangélicas e Pastores da Assembleia de Deus no Estado do Rio Grande do Sul).

O homem precisou passar por três cirurgias no cérebro e durante os 34 dias que esteve internado, enfrentou várias crises de ansiedade. Enquanto isso, uma corrente de oração iniciou entre a família e irmãos, que se espalhou por diversas cidades do Rio Grande do Sul, em um grande clamor pela vida de Valmor.

“Não tínhamos noção de quantas pessoas estavam envolvidas com o propósito de Deus fazer o milagre, mas de todos os campos onde haviam conhecidos, o meu nome estava sendo apresentado em orações. Só Deus poderia fazer o milagre e Ele fez!”, disse o cristão.

Após mais de 50 dias de batalha pela vida, Valmor recebeu a cura e foi totalmente restaurado por Deus. Em sua última consulta com o neurologista, no início de abril, ele recebeu a boa notícia: o abscesso desapareceu e ficou apenas a cicatriz no cérebro.

“Deus me deu mais uma chance de poder viver aqui na terra, e não tenho palavras para agradecer a todos que estiveram comigo, orando por mim, nesse momento tão difícil”, testemunhou Valmor.

Para ele, tudo o que enfrentou aconteceu para que pudesse estar mais perto do Senhor. “Olhando para o que passei, concluo, que foi permissão de Deus para eu me firmar mais nos caminhos dele”, declarou Valmor.

Por: https://guiame.com.br/

Related Articles

Deixe um Commentario