Home ESPORTE Jorginho vê estratégia do Vasco correta: ter jogadores com experiência de Série B

Jorginho vê estratégia do Vasco correta: ter jogadores com experiência de Série B

por Correio do Maranhão
0 commentar

Para a disputa da Série B deste ano, o Vasco, do técnico Zé Ricardo, busca formar um elenco com jogadores que conheçam a competição, mas que também não tenham idade elevada e histórico de lesões. Estratégia que Jorginho vê como acertada na luta para voltar à elite do futebol brasileiro.

Ex-jogador do Vasco e treinador que levou o clube ao acesso em 2016, Jorginho lembra das dificuldades que teve por ter um elenco com pouca experiência na competição e com média de idade elevada. Naquele mesmo ano, o time de São Januário, além da vaga na Série A, também conquistou o título carioca invicto.

Na Série B é preciso montar um time que está acostumado com a Série B. E esse foi o grande problema de 2016, porque o Vasco tinha um elenco com poucos jogadores que tinham disputado a Série B. A nossa média de idade era de quase 32 anos. Tínhamos o Jorge Henrique, Diguinho e outros acima dos 30 anos e isso está sendo pensado pela diretoria atual também. Ao mesmo tempo, eles têm o próprio Nenê e o Anderson Conceição, que têm experiência na Série B e são líderes. É importante unir juventude, com jogadores experientes.

Na montagem do elenco, Jorginho destaca a importância de Nenê para o elenco cruzmaltino. O treinador, que trabalhou com Jorginho no Vasco entre 2015 e 2016, vê o camisa 10 como peça fundamental, já que, além de servir como referência para os seus companheiros, joga com amor ao clube e aos torcedores.

O Nenê é um jogador muito importante onde está. É um dos profissionais mais dedicados que eu tive o prazer de trabalhar, como treinador. Ele é o primeiro a chegar e o último a sair. Ele está com 40 anos e continua correndo. As suas atitudes são importantes para o Vasco. Além disso, ele teve a experiência de já jogar uma Série B pelo clube, em 2016, quando subimos. No mesmo ano, fomos campeões cariocas invictos, com o Nenê liderando o time. Então, ele vai ser muito importante para esta temporada, como profissional, passando para quem está chegando o tamanho do Vasco, e pelo seu carinho pelo clube e torcida.

Por disputar a Série B pela segunda vez seguida, fato inédito na história do clube, Jorginho acredita que a torcida do Vasco estará atenta e haverá cobrança. O treinador, porém, vê o público participativo e apoiando os jogadores.

– Vai existir cobrança, mas a torcida do Vasco nunca vai deixar de apoiar o time. Ela sempre demonstra isso, mesmo nos momentos mais difíceis. Posso dizer isso, pois, mesmo na Série B, a torcida sempre lotou os estádios, inclusive fora do Rio de Janeiro. Jogávamos no Norte e Nordeste do Brasil, sempre com grande presença de vascaínos. Claro que se o resultado não chegar, vai ter cobrança. É uma torcida que está acostumada com grandes times e títulos e entende a importância de estar junto aos jogadores, em um momento difícil, como o atual.

Por: https://esportes.yahoo.com/

Related Articles

Deixe um Commentario