Home ESPORTE Autor de golaço na vitória do Palmeiras, Endrick fala sobre frieza com apenas 15 anos

Autor de golaço na vitória do Palmeiras, Endrick fala sobre frieza com apenas 15 anos

por Correio do Maranhão
0 commentar

Neste sábado, o Palmeiras chegou à segunda vitória na Copa São Paulo de Futebol Júnior, superando o Real Ariquemes-RO por 3 a 0. Assim como aconteceu na estreia do time na competição, Endrick marcou dois gols na partida. O primeiro deles, uma pintura.

O atacante de 15 anos passou por um defensor, deu uma meia-lua em outro e tocou por cima do goleiro de esquerda. Apesar da idade, Endrick tenta sempre mostrar frieza de frente para o goleiro.

“Eu tento ficar o mais tranquilo possível na frente do gol, tento fazer gols importantes para a equipe. A questão da frieza é não se afobar”, disse o jogador ao SporTV.

Ao contrário do que aconteceu na estreia, Endrick iniciou a partida no banco de reservas, entrando no intervalo. O jogador comentou sobre o rodízio promovido pelo técnico Paulo Victor Gomes.

“Tem um rodízio. No primeiro jogo, eu saí no primeiro tempo, para o Vitinho entrar. Todos têm que ter a oportunidade. O Vitinho teve sua chance e fez o gol. Fico tranquilo em relação aos revezamentos, porque sei que quem entrar no meu lugar vai querer jogar mais do que eu, e isso é bom. Se o Palmeiras estiver ganhando, está tranquilo”, afirmou.

Por fim, Endrick falou sobre o cabelo raspado que mostrou neste sábado. Além dele, outros jogadores da equipe apareceram carecas em campo.

“Tem aquele trote, né. Os caras mais experientes mandaram mensagem no grupo, falando que a gente teria que cortar. Não tem o que fazer, vai ser pior depois se a gente fizer algo. Então, a gente levou na boa”, finalizou.

Com o resultado deste sábado, o Verdão chegou aos seis pontos, na liderança do grupo 28 da Copinha. Na próxima e última rodada da primeira fase, o time entra em campo para enfrentar o Água Santa, na terça-feira que vem, às 15h15, em Diadema.

Por:https://www.gazetaesportiva.com/

Related Articles

Deixe um Commentario