Home Cristão Mesmo amarrada, mulher é liberta de sequestro após orar em línguas

Mesmo amarrada, mulher é liberta de sequestro após orar em línguas

por Correio do Maranhão
0 commentar

Kathi Byker foi sequestrada por assaltantes que invadiram sua casa nos EUA

Em uma noite em agosto de 2011, Kathi Byker e seu marido, David, estavam dormindo em sua própria casa em Grandville, Michigan (EUA), quando foram acordados por homens mascarados, que exigiam dinheiro.

Um deles usou uma fita adesiva para cobrir os olhos e a boca de Kathi, que foi arrastada até o carro do casal. Os criminosos roubaram o veículo e levaram Kathi, exigindo à sua família um resgate.

Deitada no escuro no banco de trás do carro, sem saber se iria viver ou morrer, Kathi se concentrou em Deus e orou no Espírito. Ela estava muito abalada para pronunciar uma palavra em seu idioma. 

Ela se lembrou de Romanos 8:26, que diz: “Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.”

“É a oração perfeita porque é do meu espírito para o Espírito de Deus, sem que a mente se envolva”, disse ela ao Charisma News.

A fita adesiva manteve sua boca fechada, mas não conseguiu impedir que sua língua se movesse enquanto ela orava, Kathi relata. Tudo o que ela conseguia murmurar era “socorro, Deus”. Ao orar no Espírito, ela sentiu seu corpo relaxar.

“O Espírito Santo ora por nós quando não sabemos como orar”, explica Harold Vinson Synan, reitor emérito e professor visitante de história da igreja na Regent University. “Falar em línguas é um dom pessoal que pode ser exercido por toda a vida.”

Clamando o sangue de Jesus

Kathi orou no Espírito e se lembrou de clamar o sangue de Jesus sobre seu corpo. Quanto mais ela se rendia ao Espírito, mais versículos vinham à sua mente, a enchendo de paz. “O fator medo diminuía à medida que o fator Deus aumentava”, ela afirma.

Logo depois, o motorista parou o carro. Na hora, Kathi pensou: “Não vou ser uma daquelas pessoas que nunca mais se ouve falar, em nome de Jesus!”

Kathi foi arrastada para um campo e presa a um poste de telefone com fita adesiva. Quando percebeu que o sequestrador saiu de perto, ela tentou soltar as fitas — que saíram facilmente.

“Foi um milagre”, ela afirma. “A fita adesiva que me prendia ao poste se rasgou quando coloquei uma leve pressão sobre ela”.

Ela escapou e saiu correndo até se deparar com um caminhão onde havia um motorista dormindo. Ela o acordou e pediu ajuda. A polícia chegou a tempo de alcançar os sequestradores, que foram presos.

“Eu simplesmente louvei a Deus por ser uma testemunha de Seu poder”, disse Kathi. Ela percebeu que Deus era maior do que seu medo e ela poderia descansar Nele.

Por: Guia-me

Related Articles

Deixe um Commentario