Home TECNOLOGIA iPhone 13 Pro com fragmentos do primeiro iPhone custa R$ 39 mil

iPhone 13 Pro com fragmentos do primeiro iPhone custa R$ 39 mil

por Correio do Maranhão
0 commentar

A versão tradicional do iPhone 13 custa mais de R$ 7 mil na loja oficial da Apple, mas pode custar até R$ 10,6 mil em sua variante mais completa. Recentemente, uma empresa anunciou um modelo um pouco mais caro: a Caviar revelou uma versão do iPhone 13 Pro baseada no primeiro celular da Apple. O preço? US$ 6.990, cerca de R$ 39,5 mil na cotação atual.

O design do smartphone é inspirado no clássico aparelho e até usa fragmentos originais da placa-mãe de um iPhone 2G. Segundo informações da companhia, o fundador da Caviar, Sergey Kitov, doou seu iPhone 2G de coleção pessoal — o item raro foi dividido em 19 partes, colocado em cápsulas lacradas no formato do logotipo da Apple e adicionado aos modelos de luxo.

Uma homenagem com o preço salgado

A edição limitada conta com apenas 19 unidades disponíveis e os preços variam conforme o tamanho do armazenamento interno selecionado. A versão mais cara, com capacidade de 1 TB, custa US$ 8.070 (cerca de R$ 45,6 mil) e está disponível no site oficial da marca.

A carcaça da novidade é produzida em titânio de aviação, e é aí que fica a cápsula selada com o fragmento. Na parte traseira do celular, há desenhos de elementos técnicos entalhados no metal.

”A capa traseira do smartphone é decorada com gravuras de alta precisão que retratam os elementos técnicos do dispositivo, que estão interligados. Eles estão se esforçando para chegar ao centro do mundo — o logotipo da Apple — como um sistema circulatório empurrando o sangue em direção a um coração pulsante”, foi publicado na página oficial da Caviar.

De acordo com Sergey Kitov, o intuito do lançamento é homenagear o fundador da Apple, Steve Jobs. “Este telefone deu o pontapé inicial no meu hobby para a Apple e, portanto, me inspirou a fundar a Caviar. Nosso iPhone 13 Pro 2g “é uma homenagem ao grande indivíduo, o inventor que virou nosso mundo de cabeça para baixo, Steve Jobs”, disse.

Por: Lucas Venicius Sanots

Related Articles

Deixe um Commentario