Home MaranhãoMARANHÃO Saiba como está avanço das lavas do vulcão que poderia causar tsunami no Brasil

Saiba como está avanço das lavas do vulcão que poderia causar tsunami no Brasil

por Correio do Maranhão
0 commentar

Lavas do vulcão Cumbre Vieja já destruíram centenas de casas e provocaram a evacuação de mais de cinco mil pessoas na região

Ilhas Canárias, suas lavas já atingiram centenas de casas,  causaram tremores e obrigaram cerca de 5.500 pessoas a saírem da região. Por outro lado, a velocidade com que as lavas tem deslizado em direção ao mar foi reduzida nesta segunda-feira (20). 

De acordo com o El País, as lavas que deslizavam a 700 metros por hora, conforme estimado no cone eruptivo, passaram a deslizar a 300 metros por hora, pois esfriaram. Com isso, a estimativa é de que a chegada delas ao litoral seja atrasada em um dia e meio.

A erupção

O vulcão entrou em erupção neste domingo (19) após uma série de sismos iniciados no último dia 11. O Instituto Geográfico Nacional (IGN) apontou o registro de quase 7 mil tremores, de pouca magnitude e intensidade, nos dias que precederam a erupção – já nesta segunda, os tremores foram mais fortes.

Mas, apesar da devastação, especialistas ressaltam que a possibilidade desse fenômeno provocar um tsunami na costa brasileira , como repercutido na última semana, é ínfima.

O vulcão Cumbre Vieja deixou um rastro de lava que já afeta casas em La Palma  e provocou um terremoto de magnitude 3,8, o mais forte desde o início da erupção. 

De acordo com o jornal espanhol “El País”, o Instituto Geográfico Nacional da Espanha, a princípio, havia declarado que a magnitude era de 3,1. Depois, no entanto, aumentou o seu valor.  O tremor ocorreu após a abertura de uma nova boca do vulcão. 

Segundo o prefeito de El Paso, Sergio Rodríguez Fernández, a região já está completamente evacuada e não há informações sobre vítimas. Centenas de pessoas foram evacuadas.

O mesmo não se pode dizer em relação às infraestruturas, uma vez que cerca de 20 casas “estão completamente destruídas”, segundo Fernández. Informações desta segunda-feira  indicam que a lava já teria afetado até uma centena de habitações.

A situação na zona de La Palma pela erupção “é devastadora”, afirmou o presidente do Conselho Municipal de La Palma, Mariano Zapata.

Por: iG Último Segundo

Related Articles

Deixe um Commentario