Home RURAL Prejuízo nas plantações de trigo por causa da brusone

Prejuízo nas plantações de trigo por causa da brusone

por Correio do Maranhão
0 commentar

A brusone é uma das principais doenças do impacto econômico no trigo. O agente causal é o fungo  Magnaporthe oryzae  que, quando ataca a ráquis da espiga, resulta em grãos deformados e com baixo peso específico, o que implica redução no rendimento das culturas. O fungo causador se dispersa por meio do vento e pode atacar mais de 50 espécies de gramíneas, além de sobreviver em restos de culturas, sementes e plantas voluntárias.

A doença foi registrada pela primeira vez no Brasil na década de 1980, em certas epidemias em áreas tropicais, mas em pouco tempo se espalhou pela América do Sul causando epidemias na Bolívia, no Paraguai e na Argentina. A chegada da doença a Bangladesh, em 2016, no sul da Ásia, e na Zâmbia, na África Meridional, na safra 2017/2018, acendeu o alerta para uma ameaça global que a brusone representa.

No Brasil, a brusone é mais importante na região tropical, mais frequente in regiões como no norte do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal. A última epidemia de brusone no País foi observada em 2012, quando os danos acima de 40% comprometem as lavouras na fase de espigamento do trigo no norte do Paraná, em Mato Grosso do Sul e no sul de São Paulo.

Casos independentemente de brusone no RS têm sido detectados desde 2014, mas nunca foram originados de epidemias da doença. Em 2019, conforme as condições climáticas no início do ciclo da cultura propiciaram a infecção do fungo da brusone ainda no perfilhamento das plantas em Minas Gerais, Goiás e no Distrito Federal.

Fernandes lembra que, apesar de ainda não representar risco para os países produtores de trigo no Hemisfério Norte, os principais centros de pesquisa com cereais estão alertas à disseminação da doença no mundo, o que pode comprometer a segurança alimentar, principalmente nos países pobres da Ásia e da África. Ele explica que o clima do Hemisfério Norte não favorece as referências do fungo causador da brusone nas condições atuais. No entanto, conforme as mudanças climáticas e até possíveis mutações no microrganismo podem alterar esse cenário, por isso a preocupação de todos os países produtores do cereal.

Por: Nordeste Rural

Related Articles

Deixe um Commentario