Home ESPORTE Flamengo decide propor renovação ao trio da “Geração 85” e traça planos para Filipe Luís, Diego e Diego Alves

Flamengo decide propor renovação ao trio da “Geração 85” e traça planos para Filipe Luís, Diego e Diego Alves

por Correio do Maranhão
0 commentar

Ofertas serão de contrato por um ano, mas com percepções diferentes para cada um dos casos

Não há pressa, mas já há a decisão: o Flamengo vai oferecer mais um ano de contrato para o trio Diego Ribas, Diego Alves e Filipe Luís. O tema entrou em pauta em reunião do conselho de futebol na Gávea, na última segunda-feira, e ficou definido que a permanência dos veteranos será determinante até mesmo para a passagem de bastão para peças mais jovens no decorrer de 2022.

Os três, que formam a chamada “Geração 85”, têm 36 anos e são apontados como pilares de liderança deste Flamengo que enumera títulos desde 2019. As negociações, no entanto, ainda não tiveram início e cada caso será avaliado de acordo com sua particularidade.

Filipe Luís é quem chega mais valorizado e o desejo da diretoria é abordar até mesmo o que o lateral pensa como plano de carreira. O Flamengo entende que se trata de um profissional que o clube deseja ter em seu quadro de funcionários imediatamente após a aposentadoria. Para isso, precisa saber por mais quantos anos o jogador pensa em atuar.

Já o caso de Diego Ribas também é encarado com naturalidade e a expectativa é de que a negociação não seja das mais difíceis. Há cinco anos no Flamengo, o camisa 10 passou por este mesmo processo em 2019 e 2020, o que, na opinião da diretoria, facilita o processo.

Por fim, há uma apreensão a respeito das tratativas com Diego Alves. Depois do imbróglio que virou novela para renovação no ano passado, os dirigentes se cercam de cuidados para que a negociação desta vez seja menos traumática.

O Flamengo entende que 2022 será uma temporada para rejuvenescer a posição. O clube vai ao mercado na janela de janeiro em busca de um nome de consenso para ter longevidade com a camisa rubro-negra, mas vê Diego Alves com papel fundamental nesta transição, em situação similar a que aconteceu no Palmeiras, quando Weverton foi contratado enquanto Fernando Prass era dono da posição.

O plano inicial era de que este processo acontecesse já nesta temporada, com Hugo como grande aposta. O jovem, por sua vez, caiu muito de rendimento e perdeu espaço até mesmo para Gabriel Batista como reserva imediato de Diego Alves. Diante do cenário, o clube projeta ida ao mercado.

Por: Cahê Mota

Related Articles

Deixe um Commentario