Home RURAL Pernambuco tem melhora na concentração hídrica e deve manter a produtividade da cana-de-açúcar

Pernambuco tem melhora na concentração hídrica e deve manter a produtividade da cana-de-açúcar

por Correio do Maranhão
0 commentar

A produção pernambucana de cana-de-açúcar está estimada em 11,8 milhões de toneladas, mantendo praticamente o mesmo volume da safra passada. A área em produção deverá sofrer decréscimo de 4,6%, ficando em 222,3 mil hectares. No entanto, a produtividade média indica crescimento dos mesmos 4,6%, em comparação a 2020/21, podendo chegar a pouco mais de 53 mil quilos por hectare. Na indústria, a projeção é de geração de 844,9 mil toneladas de açúcar e 350,7 milhões de litros de etanol. Os dados são do 2° Levantamento da Safra 2021/22 de Cana-de-Açúcar, publicado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Os índices pluviométricos abaixo do esperado no ano passado prejudicaram a safra anterior e acabaram impactando também esta temporada, uma vez que diversas lavouras precisaram ser replantadas. Os primeiros meses de 2021, no entanto, trouxeram precipitações dentro da faixa normal para a Zona da Mata pernambucana, principal região produtora do estado, com bons índices pluviométricos e distribuição das chuvas, minimizando os impactos do estresse hídrico visualizados anteriormente sobre as lavouras.

Por: Nordeste Rural

Related Articles

Deixe um Commentario