Home ESPORTE Fla faz 5 a 1 no Olimpia e vai à semi da Libertadores com melhor ataque

Fla faz 5 a 1 no Olimpia e vai à semi da Libertadores com melhor ataque

por Correio do Maranhão
0 commentar

Virtualmente classificado ao vencer o jogo de ida por 4 a 1, o Flamengo fez mais que seu dever de casa em Brasília. O time goleou o Olimpia (PAR) por 5 a 1 e carimbou seu lugar na semifinal da Libertadores. Com gols de Gabigol (dois), Bruno Henrique, Arão e Salcedo (contra), com Recalde descontando, o Rubro-Negro fez a festa do torcedor presente ao Mané Garrincha.

Com mais um massacre para a conta, o Fla assumiu o posto de ataque mais positivo da competição, com 28 gols. Antes de a bola rolar, o Palmeiras liderava com 26. Garantido na próxima fase, os cariocas aguardam o o vencedor do duelo entre Barcelona (EQU) e Fluminense, que decidem amanhã o confronto, em Guayaquil. Na ida, empate por 2 a 2 no Maracanã. Com o sonho da América ainda vivo, o Rubro-negro volta suas atenções para a disputa do Brasileiro. No domingo (22), a equipe visita o Ceará, às 16h, no Castelão.

Everton e Arrascaeta deitam e rolam

Os dois cérebros do Flamengo foram grandes figuras do Flamengo em Brasília. Decisivos na hora do passe final, a dupla foi responsável por construir as melhores jogadas do time e confirmaram o momento ascendente sob a batuta de Renato Gaúcho.

odinei: bem na frente, inseguro atrás

Escolhido por Renato Gaúcho para substituir Isla, que se recupera de fadiga muscular, Rodinei voltou a atuar e teve atuação irregular. Com boas passagens pelo corredor, deu bola perfeita para Gabigol abrir o placar, embora tenha tomado algumas decisões erradas. Defensivamente, o jogador deu brechas por seu lado e deu um bote errado no lance que resultou no gol paraguaio.

Flamengo resolve sem problema

Ainda que longe de suas melhores noites, o Flamengo goleou o Olimpia para garantir a vaga. O time não teve toda aquela “fúria” para retomar a bola e amassar o rival, mas foi cirúrgico nas oportunidades criadas e liquidou o jogo sem sofrimento. Quarteto formado por Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol mostrou todo seu poder e deixou o sonho pelo tri ainda mais aceso.

Olimpia desaba após gol

Mesmo goleado na ida, o Olimpia tentou sair para o jogo e apostou em uma marcação forte para brecar o favorito Flamengo. O time fazia uma partida bem organizada, mas o gol de Gabigol desmantelou os planos do time paraguaio, que não deixou de batalhar mesmo em desvantagem. O desnível técnico, no entanto, foi determinante para a goleada.

Com mais dois golzinhos com a camisa do Flamengo, Gabigol chegou aos 10 marcados na Libertadores, superando em um o número que alcançou na edição de 2019. Ao todo, o camisa 9 tem 22 gols na competição continental e busca superar a marca de Luizão, maior artilheiro brasileiro no torneio (29).

Cronologia

Aos 29 minutos do primeiro tempo, Rodinei cruzou e Gabigol completou para o gol. Aos 36, Arrascaeta cruzou na medida e Bruno Henrique cabeceou para o gol. Aos 44, Recalde fez a festa dentro da área, driblou Léo Pereira, deixou Diego Alves e marcou. Aos 3 do segundo tempo, Arão aproveitou sobra na área e ampliou. Aos 10 minutos, Salcedo tocou para a própria rede após escanteio. Aos 32, Gabigol cabeceou o fez o quinto.

Por: Leo Burlá Do UOL, no Rio de Janeiro

Related Articles

Deixe um Commentario